O empresa têm sido destaque durante a quarentena, oferecendo apoio psicológico gratuito e conectando clientes e advogados.

A presente política do Isolamento Social, adotada como forma de conter a pandemia da COVID-19, têm obrigado muitos casais a intensificarem sua convivência durante, praticamente, as 24 horas do dia.

Para alguns casais, essa proximidade não representa nenhuma ameaça à relação. Todavia, para muitos outros essa “convivência forçada” acaba por realçar a fragilidade da relação conjugal, seja por gerar um aumento de brigas e conflitos, seja por, simplesmente, denotar a ausência do amor que, outrora, os teria unido.

Então acaba sendo certo que haja, neste período, um aumento no número de casais que pretendem se divorciar. Mas nessa pandemia, a tarefa de procurar a ajuda de um advogado de confiança, para que promova o procedimento de divórcio, certamente não é fácil.

É aí que surge uma startup jurídica que tem feito bastante sucesso, sendo até já apelidada pela Mídia de o “Tinder da Separação”. Estamos falando da Divórcio Consensual.

Os irmãos Amaro e Marina Monteiro são os fundadores da startup jurídica Divórcio Consensual. Foto: Divulgação.

Segundo o Portal ExtraJus apurou junto ao fundador da plataforma, Amaro Monteiro, o objetivo é proporcionar à seus usuários um acesso facilitado à Justiça, prestando informações e conectando-os não apenas à advogados parceiros, mas à outros profissionais ligados à área de família, agregando, dessa forma, valor à sociedade como um todo.

Uma plataforma surgida do aumento de casos de Divórcio no País

Ainda segundo Amaro e sua sócia cofundadora, a advogada Marina Monteiro, a ideia da plataforma surgiu depois de identificarem, de um lado, o aumento da demanda de divórcios no País e, do outro, a dificuldade das pessoas encontrarem um advogado de sua confiança.

Além disso, identificaram que a maior dor daqueles que pretendem se divorciar é ter que se dirigir a um escritório e ser submetido a encontros formais e estressantes que, na maioria das vezes, geram grande desgaste emocional para ambas as partes. Evitar esse encontro é um dos grandes diferenciais da Divórcio Consensual, afirma seu fundador.

Vantagens para divorciandos e advogados

No site da Divórcio Consensual, o usuário faz um teste de elegibilidade, que determina em que situação se encontra o postulante ao divórcio.

Caso este preencha os requisitos para divorciar-se consensualmente, a plataforma indica a este usuário os documentos que devem ser colacionados ao pedido de divórcio, já o colocando em contato com o advogado parceiro da plataforma, que realiza o procedimento extrajudicial do divórcio. Em média, 1 semana basta para que o divórcio tenha sido lavrado pelo cartório.

Se o usuário tiver o seu caso identificado como não consensual, a plataforma também o encaminha à um advogado parceiro, mas neste caso, a um que atue o mais próximo possível da residência do divorciando, a fim de que a devida Ação Judicial seja proposta.

Para o advogado parceiro, a grande vantagem, além de um cliente pré-qualificado pela plataforma para realização do serviço advocatício, é o recebimento automatizado dos honorários devidos, respeitando os valores mínimos previstos na respectiva Tabela de Honorário da OAB.

Essa automatização, em uma ponta, facilita ao usuário o pagamento dos honorários em até 12 parcelas e, na outra, o causídico recebe integralmente seus honorários em 24 horas.

Confira abaixo a entrevista que realizamos com Amaro Monteiro, fundador da Divórcio Consensual.

Portal ExtraJus – Quantos usuários fazem, atualmente, uso da plataforma?

Amaro Monteiro – Já ajudamos milhares de pessoas desde o início, seja para consulta, reconciliação ou finalização do processo de divórcio.

ExtraJus – E destes, quantos efetivamente realizaram seus divórcios junto à Divórcio Consensual?

Amaro – Mais de 102 processos já passaram pela Divórcio Consensual.

ExtraJus – Houve um aumento da procura neste período de pandemia? Estão promovendo alguma ação especial neste período?

Amaro – Observamos sim um aumento relevante neste período. E diante disso, estamos em parceria com terapeutas de família para ajudar os casais que estão em conflito. Disponibilizamos 1 hora de consulta gratuita com o profissional de acordo com horário agendado previamente.

ExtraJus – Como tem sido a adesão de Advogados Parceiros? Quantos já fazem parte da plataforma?

Amaro – Não abrimos ainda para muitos advogados, estamos nos estruturando para isso, porém já temos 40 profissionais parceiros.

ExtraJus – O usuário já chega perguntando pela possibilidade da via extrajudicial? É visão da Divórcio Consensual dar preferência a indicar esta via?

Amaro – Normalmente as pessoas que chegam para finalizar já sabem que seu processo é extrajudicial. Nossa preferencia é pelo divórcio extrajudicial, porém atendemos a todos.

Para saber mais sobre a plataforma e, sendo do seu interesse, se tornar um advogado parceiro, basta acessar o site da Divórcio Consensual, clicando aqui.


Deixa um Comentário

Your email address will not be published.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.